Retina Web - Criação de sites

voltar para o blog

Como fazer o meu site aparecer na primeira página do Google?

6 de dezembro de 2017

[Recorte Página]

Desde que o buscador do Google tornou-se referência mundial em pesquisas na internet, uma das metas das empresas é aparecer no Google. Há duas maneiras de isso acontecer: por meio de anúncios pagos, Google Adwords, ou utilizar uma série de técnicas de otimização, o SEO.

O primeiro método, Google Adwords, é eficiente, porém não é definitivo. Essa opção consolida a palavra-chave somente durante o período de anúncio. Depois que a campanha acaba, outro anunciante pode comprar essa palavra-chave e se tornar o primeiro na busca por ela.

Assim, a forma mais recomendada para aparecer no Google e se manter em destaque é utilizando um conjunto de técnicas de otimização do site (SEO) para que ele seja bem ranqueado.

Não deixe de conferir 5 dicas para aparecer no Google definitivamente!

1. Tenha um site alinhado com o SEO

O Google trabalha com uma série de critérios para eleger os melhores sites para a busca. Um deles é possuir um site com domínio próprio. Não adianta otimizar páginas internas se o seu domínio ainda é vinculado a outros sites como wix ou wordpress.

O nome da marca deve ser a primeira palavra-chave a ser ranqueada no Google. Por essa razão, essa palavra-chave deve ser trabalhada na construção do site, nas páginas internas, URL’s e primeiros textos, para que o Google identifique a marca e o seu segmento.

2. Escolha uma boa palavra-chave

Qual a palavra-chave define o seu negócio ou o seu produto? Pense em como os usuários poderiam procurar esse tipo de negócio/produto. Após definir a palavra-chave, trabalhe com ela em todos os pontos.

Segundo as técnicas de SEO, o ideal é que a palavra-chave seja usada no título do texto, no primeiro e último parágrafos e, sempre que possível, em subtítulos. Além disso, o Google precisa enxergar um padrão no conteúdo. A palavra também deverá aparecer na meta descrição do Google (pequeno resumo que aparece embaixo do link na busca), na url do link e também no nome da imagem que acompanha o texto.

3. Tenha bons links

O Google identifica links internos e externos no site para encontrar o melhor conteúdo para a busca do usuário. Dessa forma, o trabalho com bons links é fundamental. No caso dos links internos, é importante sempre referenciar outros textos ou páginas do próprio site para que o usuário permaneça por mais tempo no seu site e o Google o identifique como uma boa sugestão.

Os links externos, indicações entre sites, são os mais importantes para o Google e mais difíceis de obter. Uma forma de conquistá-los é por meio dos guest posts, prática de escrever e publicar artigos em sites de outras pessoas e empresas. Com essa troca de conteúdos, é possível indexar bons links referenciando para a sua própria empresa a partir de um outro site.

4. Produza bom conteúdo

O Google utiliza inteligência artificial para identificar os conteúdos. Por essa razão, não é suficiente seguir todas as regras de otimização se o conteúdo não é bom ou não é original. O algoritmo consegue identificar plágio e repetições forçadas, negativando esse tipo de conteúdo na busca.

5. Analise o concorrente

É possível identificar o que está dando certo e errado ao analisar o concorrente. Procure no Google como o concorrente está trabalhando e quais palavras-chave ele está usando. Depois disso, trace suas próprias metas e otimize o seu site.

Com as dicas certas e estudo é possível aparecer no Google de forma orgânica e bem ranqueado. Agora que você já sabe um pouco mais sobre essa técnica, que tal compartilhar este texto em suas redes sociais e ajudar outras pessoas a aprenderem também?

Tags:

Quer receber as novidades do blog?

Assine nossa newsletter!

* Campos obrigatórios